sábado, 22 de novembro de 2008

Desistência

Porque blog é um troço meio brega, né?

terça-feira, 11 de novembro de 2008

RELAMPAGO

Droga, não consigo parar. O que eu quero com isso eu não sei. Só esquentando os dedos, que faz tempo que não escrevo.
Devia estar escrevendo algumas besteiras sobre achar Deus numa cabina de banheiro de rodoviária, mas cara, parece que os problemas da minha cabeça e de meus pulmões são bem mais importantes.
Achava que jogando tudo pra ca eu ia acabar cansando e conseguindo dormir, cansando e conseguido dormir acordaria num outro mundo muito mais feliz e menos doloroso, onde eu nao seria nem tao ramatioc nem tao neurotico nem estaria acima do peso . mas só o qeu eu sei fazer é reclamar.
E reclamo pra mim mesmo, na mesma medida em que resmungo. E depois ainda acuso o mundo de ser insensível.
Só deveria bater mais forte,.
Queria dizer isso pra você.
Que você me faz querer ficar todo velho e enrugado, sendo feliz, sentado numa varanda.
Quem é você?
Inação
inação
Inação
Não sei se a palavra existe, mas existe o estado de espírito. A única coisa que realmente acontece por aqui é a metralhadora de palavras dentro da cuca. Faça. Faça. Faça.
A velocidade do pensamento paraliza o corpo, te deixa pregado no chão. É tudo tão simples. É tudo tão complicado. Existem tantas desculpas pra ficar parado, é só escolher a mais bonita e ponto. Ponto.
Que bobagem pensar que só uma desculpinha qualquer vai tirar toda essa sujeira acumulado nos cantos do remorso.
Porque é incrível como se anda tanto, apenas pra chegar no mesmo maldito lugar.