domingo, 1 de janeiro de 2017

Cruzeiro do Sul

isso eu nunca vou te dizer, mas;
Era a virada do ano
E eu viajava, falando outra língua -
aquela, que só eu sei.
Eu viajava e, olhando pros fogos-de-artifício
Cisplatinos
Olhando pro céu
Estrangeiro
Me peguei procurando a ursa maior,
 a estrela polar,
mas ah,
Esse céu é o mesmo que o nosso.
Procurei estrelas em vão, não eencontrei..
Procurei sua mão em vão, não encontrei.
Não estava frio como naquele dia;
O calor infernal me fez lembrar que
mimha estrela guia
aqui no sul
não poderia mais ser você.