quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Conchabranca

outro dia
 ficasse esperando
    seu brilho pra vender
         e preencher o que ficou
              pra trás de tudo que o mar
                 não levou pro outro lado
do que achei que o problema era so voar pro outro lado do mar
mas nao levou tudo nao levei tudo o que ficou o mar levou
outro dia
se ficasse esperando mais um dia
era menos um
de respirar
essa areia fina de doer os olhos
esse suor seco de doer os olhos
com esses teus pelos de ranger os dentes
nos meus dentes
teu gosto lava forte o suor de areia que meus olhos nao viram entrar
como mar que batesse em meu cais
como mar que batesse em meu cais
como mar que batesse em meu cais
quebra cais
quebra e traz
quebre e traga
cada conchinha de lá, um marinheiro que nao voltou do mar mas ó!
é doce a agua de cá.
é agua doce a água de cá.
é mais doce a água de cá
vem cá

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Venha Ebola
Tifo tifóide
Cancro dos pulmões bomba nuclear
Falta de água, de comida,
Guerra civil religiosa cangaceira caganeira
Abcesso excesso de peso raiva
Peste

Se eu sobreviver a essa ressaca
Com o resto me viro

Molinho.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Totem

todo
dia
espero
o dia
todo
pelo dia
de não esperar
mais nada.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Wolf

T
e
xtbook frases won't make y
                                          o
                                          u
                                          Freeer nor save you from
Yourself. It saddens me the most to think what we have done.

Or worse : What we still can;

I tend to read the same books over and over again, since I was little, not because it's familiar or I didn't want something new.

It's just that I'd always find a page I haven't read yet.
It's just that there's always something new to find out about your old favorite books.


My books won't save me now. And neither    
y                     o                                 u.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Dick

No point
In telling me
There's plenty of fish
In the sea
When what I chase
Is a white whale.

Cellar door.
C'est la douleur.
Sete dores.

We all know where this is headed.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Cidade natal

Guerra de dentro;
Que dói,
crescer em cidade
cujo nome não rima com nada.

Pior é querer, e não poder:
Não responder suas mensagens
assim que elas chegam.
(não consigo não voltar correndo)

Guerra de dentro.
Sono de fora.

O mundo acontece lá fora.
E eu, espelho d'água, narciso de dentro
pra fora.

Macaé.

sábado, 24 de janeiro de 2015

London Londres

Your old walls bring me no comfort;
Your cold stones, no rapture.

Your high towers give no answer;
Your slender doors, no invitation.

I feel home and safe
Like anywhere else.
There's longing, but no urges.

Not a single urge to make me feel at home.
I do.
But not because of you.

Your old walls bring me no comfort;
Your cold stones, no rapture.

Your high towers give no answer;
Your slender doors, no invitation.

I fell, stranded and lost
Could be anywhere.
There's longing, but no urges.

Not a single urge to make me lost.
I do.
But not because of you.

Your old walls. Your cold stones.
Your high towers with slender doors.

They all invite me to leave.
I do.
And that's because of you.