segunda-feira, 27 de abril de 2015

Dramortamor

O que mais me impressionava
Era como te amava
E o som da tua risada
Iluminava
Minha calma
minha raiva.

Hoje evito teus rastros pois teus cheiros são tão fortes que qualquer foto fora de foco me transporta
Pro teu colo como se nada de tempo tivesse passado em nenhum momento entre o agora,
O depois
E nós dois:
O passado
Pode ter virado
Só um eco da tua voz.

Nenhum comentário: